Publicado em 24/05/2016

Professor Neivaldo assume Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário

Nomeado pelo governador Fernando Pimentel como Secretário de Estado de Desenvolvimento Agrário, o professor Neivaldo tem a missão de tornar a agricultura familiar de Minas Gerais uma das mais competitivas do país.
Dsc07681

Ele assumiu em lugar de Glenio Martins de Lima Mariano, que irá ocupar outra função no governo estadual.

Formado em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Neivaldo de Lima Virgílio é filho da dona de casa Maria José de Lima Virgilio e do motorista Valdo Virgílio.

Nasceu em 24 de junho de 1967, na cidade de São José do Rio Pardo, e sempre atuou em defesa dos direitos humanos, em prol da melhoria da educação e junto aos movimentos sindicais, religiosos e populares, notadamente os ligados aos acampados rurais e urbanos.

Em carta aberta ao ex-secretário Glenio Martins e ao povo mineiro, professor Neivaldo fala dos desafios de assumir a Pasta. Confira a íntegra abaixo.

Prezado Glenio,

Prezados e prezadas mineiros e mineiras,

Com humildade e respeito assumo hoje a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário e agradeço imensamente ao Governador Fernando Pimentel pelo convite.

Encaro esse empreendimento como um grande desafio e não me faltarão esforços para enfrentá-lo de forma a dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelo então Secretário, que em pouco tempo já fez tanto; e apresentar resultados exitosos ao povo mineiro.

Minha proximidade com os movimentos sociais, inclusive os de luta pelo acesso à terra, na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, que juntamente com o Noroeste e Norte de Minas respondem por pouco mais de 80% das ocupações do Estado, com certeza fizeram com que o Governador colocasse esse desafio em minhas mãos, e não o decepcionarei.

Acredito que a minha atuação será pela proteção e fomento da agricultura familiar sustentável, dando condições para o escoamento da produção familiar, além de promover a segurança alimentar no estado. Quero também continuar o trabalho de Glenio no que se refere a regularização fundiária e a desapropriação de terras improdutivas, avançando na pauta da reforma agrária em Minas Gerais.

Para isso, é necessário a interlocução com os movimentos de luta pela terra. Seguindo o lema do governo Pimentel “ouvir para governar”, procurarei percorrer todas as regiões do Estado para fazer cumprir a contribuição dos milhares de cidadãos e cidadãs mineiros nos Fóruns Regionais que atuam nas áreas de agricultura familiar e segurança alimentar e nutricional sustentável.

O meu compromisso é realizar um bom trabalho à frente da Seda contribuindo com o Governo de Minas Gerais e com o nosso Governador Fernando Pimentel, que tenho a certeza de estar comprometido com cada agricultor e agricultora familiar desse estado.

Ao Glenio Martins agradeço o trabalho já realizado e desejo sucesso na nova caminhada.

Professor Neivaldo

Histórico